quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Concurso PRF 2017/2018: novo pedido é mais próximo do ideal, diz presidente da federação




O presidente da federação nacional dos policiais rodoviários federais, Deolindo Carniel, classificou o novo pedido de concurso feito pela PRF, para 2.778 vagas, como mais próximo da necessidade do órgão. “O efetivo ideal seria 15 mil, o legal é 13 mil e nós temos 10 mil. Então, é uma forma de tentar repor esse efetivo”, afirmou ele, que tomou posse à frente da FenaPRF nesta terça-feira, dia 8.

Carniel observou que, em função da reforma da previdência, muitos policiais que recebiam o chamado abono de permanência (valor pago a quem já pode se aposentar, mas segue em atividade) resolveram antecipar os planos de aposentadoria.


Deolindo Carniel: "novo pedido de concurso da PRF
está mais próximo da necessidade" (foto: Conacate)



“Houve uma saída muito grande de policiais nos últimos meses e a nova gestão avaliou que, para atender às demandas, necessitaria de um efetivo mais próximo ao ideal.” O diretor-geral da PRF, Renato Dias, já alertou que, sem a realização de concurso, o déficit na corporação poderá chegar a quase 7 mil policiais.

Perguntado sobre se a medida seria mais próxima também da realidade das contas públicas, o presidente da FenaPRF lembrou que os valores empenhados em segurança pública não podem ser vistos como gastos.

“Nós já demonstramos através de números que o custo social de não se ter o policial é muito maior”, contou.

O representante da categoria acrescentou que, na prática, o trabalho desempenhado pelo policial já garante um valor maior do que o custo para a sua manutenção no cargo.

E na sua avaliação, a política do atual governo, de redução do tamanho do Estado, não se aplica às áreas estratégicas, como é o caso da segurança pública.

Entidade irá pressionar governo por concurso


Carniel garantiu ainda que a FenaPRF, como entidade de classe, irá pressionar o governo pela efetivação do concurso. “Esse governo mais do que nunca demonstrou que trabalha sob pressão”, afirmou. Uma das estratégias deverá girar em torno do convencimento da base parlamentar do governo.

A federação também tem cobrado encontro com o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, para tratar do assunto. Com relação ao ministro da Justiça, Torquato Jardim, Carniel disse ter a certeza de que ele será um forte aliado para sensibilizar o Planejamento.

“Eu acho que encaminhar o pedido solicitando a ampliação do número de vagas já demonstra um primeiro sinal. Agora, precisa de um convencimento político em relação à necessidade.” Recentemente, o ministro Jardim sugeriu a realização de concursos para a PRF a cada dois anos.

Para o presidente da FenaPRF a atuação da corporação em operações conjuntas de combate ao roubo de cargas realizadas no Rio de Janeiro nos últimos dias dá uma dimensão da importância do órgão. “Demonstra que somos um braço muito importante do Estado brasileiro e que temos condições de trabalhar em várias frentes”, destacou.




Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

SHARE THIS

Autor:

No TechTudo maior blog de informações sobre concursos públicos, esportes, entretenimento política, tecnologia e negócios você fica por dentro das principais e últimas notícias do dia, além de assuntos relacionados ao Mundo do Brasil e da Bahia para seu conhecimento diário.

0 comentários: