sábado, 27 de maio de 2017

Concurso Receita Federal 2017/2018: pedido é protocolado no Planejamento




Agora é oficial. O pedido de concursos do Ministério da Fazenda já está no Ministério do Planejamento. A solicitação, que visa a realização de concursos para o preenchimento de vagas nas carreiras fazendárias, como informa o processo, foi cadastrado no Planejamento na noite da última quinta-feira, dia 25. Como é tradicional, os pedidos de concurso do Ministério da Fazenda costumam incluir as demandas da própria pasta, assim como dos seus órgãos vinculados, como Receita Federal (concurso Receita Federal 2017/2018), Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e Tesouro Nacional.

Receita solicitou vagas nos níveis médio e superior


Consultados sobre os órgãos e cargos relacionados no pedido, os ministérios da Fazenda e do Planejamento não responderam até a publicação desta matéria. Na Receita Federal, apesar do déficit detectado em sua área administrativa ser de mais de 4 mil servidores, a Receita teve limitar a sua solicitação feita ao Ministério da Fazenda à quantidade de vagas existentes de assistente técnico-administrativo, de nível médio, com remuneração inicial de R$4.137,97, e analista técnico-administrativo, de nível superior, com iniciais de R$5.490,09, que fazem parte da estrutura do ministério.

E de acordo com a Fazenda, dados do fim de abril indicavam a existência de 1.161 vagas desocupadas, sendo 904 de assistente e 257 de analista. Ainda não é possível afirmar que tenham sido esses os quantitativos solicitados ao Planejamento, já que pode ter havido novas vacâncias até a efetivação do pedido.

Concurso Receita Federal 2017/2018 - Receita quer concurso para a área administrativa



O Sindicato Nacional dos Servidores Administrativos do Ministério da Fazenda (Sindfazenda), para o qual a carência na Receita é de mais de 5 mil servidores administrativos, alerta que há urgência na realização do concurso. Isso porque, segundo o sindicato, cerca 60% dos atuais servidores de apoio do órgão já possuem condições de se aposentar e deverão fazê-lo com maior intensidade a partir do ano que vem.

São aproximadamente 2.700 servidores de um total de 4.500, que poderão deixar os quadros da Receita. E o motivo seria o aumento, em 2018, do montante da gratificação de desempenho que os servidores da carreira poderão incorporar à aposentadoria, que passará de 67% para 84%. A gratificação de desempenho de atividades fazendárias corresponde a quase metade da remuneração desses servidores.

Área fiscal


Já a área fiscal, não teria sido incluída na proposta de concurso, segundo fonte no órgão, apesar da defasagem de mais de 20 mil vagas em relação ao quadro previsto em lei, nos cargos de auditor-fiscal e analista-tributário, ambos de nível superior, com iniciais de R$19.669,01 e R$11.132,21, respectivamente.




Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

SHARE THIS

Autor:

No TechTudo maior blog de informações sobre concursos públicos, esportes, entretenimento política, tecnologia e negócios você fica por dentro das principais e últimas notícias do dia, além de assuntos relacionados ao Mundo do Brasil e da Bahia para seu conhecimento diário.

0 comentários: