sábado, 27 de maio de 2017

Concurso MTE 2017/2018: pedidos chegaram ao Planejamento - vagas para médio e superior!




Agora a expectativa é pela autorização. Foram protocolados no Ministério do Planejamento os pedidos de concurso do Ministério do Trabalho (MTE) para as áreas administrativa e fiscal (concurso MTE 2017/2018). As solicitações foram cadastradas na pasta responsável pelo aval dos concursos do poder Executivo federal na noite da última quinta-feira, dia 25.

Pedido deve incluir vagas de nível médio. R$3,9 mil


Consultado os ministérios do Trabalho e do Planejamento para obter detalhes das solicitações, mas ainda não obteve respostas. Com relação à área administrativa, o esperado é que o pedido de concurso seja principalmente para agente administrativo, de nível médio, com remuneração inicial de R$3.881,97, como ocorreu na última vez em que o órgão pediu concurso para o setor, em 2015.

Na oportunidade, foram pedidas 1.177 vagas, sendo 951 para agente administrativo. A destinação das demais 226 vagas não chegou a ser informada. O último concurso do MTE para a área de apoio também foi sobretudo para agente. Em 2014, foram oferecidas 415 vagas no cargo de nível médio e 35 de contador, de nível superior. Para os graduados, os iniciais são de R$5.494,09.

Concurso MTE 2017 2018 Pedidos de concurso do MTE já estão no Planejamento



No caso da área fiscal, segundo o Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais do Trabalho (Sinait), em reunião recente com a entidade, representantes do MTE afirmaram que seria solicitado o preenchimento de todas as vagas desocupadas de auditor-fiscal do trabalho. Esse quantitativo seria de 1.191 vagas, conforme levantamento feito em abril. Além disso, no pedido apresentado no ano passado, o ministério também requisitou o preenchimento de todas as vagas ociosas da carreira.

Comissão do governo quer concurso urgente


Com apenas 2.453 auditores em atividade, o Sinait alerta que o efetivo é o menor em 20 anos, prejudicando atividades como o combate ao trabalho semelhante ao escravo e ao trabalho infantil, a prevenção aos acidentes de trabalho, entre outros.

Concurso MTE 2017/2018 Auditores do trabalho atuam no combate do trabalho semelhante ao escravo



A necessidade do concurso já foi, inclusive, ressaltada pela Comissão Nacional a Erradicação do Trabalho Escravo (Conatrae), vinculada ao Ministério da Justiça, que, no ano passado, aprovou uma moção recomendando a realização imediata de seleção para o auditor do trabalho. Na ocasião, o MTE admitiu que a moção poderá embasar o pedido do concurso MTE 2017/2018.

O cargo de auditor-fiscal do trabalho, cujo requisito é o ensino superior completo em qualquer área, tem remuneração inicial é de R$19.669,01 (incluindo o auxílio-alimentação, de R$458).




Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

SHARE THIS

Autor:

No TechTudo maior blog de informações sobre concursos públicos, esportes, entretenimento política, tecnologia e negócios você fica por dentro das principais e últimas notícias do dia, além de assuntos relacionados ao Mundo do Brasil e da Bahia para seu conhecimento diário.

0 comentários: